sexta-feira, 13 de maio de 2016

VIAGENS E AMIZADES



                  
Após a visita ao museu do Cairo, fomos em direção à estação ferroviária da cidade, para iniciarmos a viagem até Assuã, onde se encontra a represa cujo nome a cidade lhe emprestou.

Essa represa foi a maior obra em solo egípcio desde a construção das pirâmides; domou o Nilo, controlou suas águas e impôs a lógica dos homens às estranhas certezas da natureza.

Nessa cidade, o pessoal da recepção nos informou que a nossa ida ao hotel seria através de um barco, atravessando o Nilo e ancorando em uma ilha chamada Elefanthina, onde está o maravilhoso resort no qual nos hospedamos. No local, até um casamento típico daquele povo pudemos assistir.

Foi no desembarque que notamos a ausência do nosso querido Vanderlan, pessoa de muita qualidade na comunicação com as pessoas, requisito importante na sua carreira.

Lembro-me de que, em um dos momentos da viagem, contou-nos aspectos da cidade onde reside, a querida Feira de Santana, terra de gente trabalhadora e empreendedora, desse nosso querido nordeste brasileiro.

Ali, segundo Vanderlan, teve o inicio da venda de gado e que, mais tarde, transformou-se em uma feira, consolidando o belo nome que carrega dentro do Estado progressista.

Mas, voltando ao não encontro do amigo, fomos indagar o que tinha acontecido. Soubemos então, que, por algum descontrole da agência e da recepção, seu nome não estava incluído nos viajantes daquele trem, e sim, no seguinte, em outro horário. Assim sendo, não pôde acompanhar a família, viajou solitário.

O que pensou o amigo durante a viagem noturna? Fico aqui imaginando sua cabeça trabalhando e projetando o reencontro horas depois, na estação. Evidentemente, não conseguiu dormir tranquilo, como na sua cidade, no seu quarto e na sua cama.

Mas, é um homem de comunicação fácil, muito mais agora, depois de ter conhecido Jerusalém, a terra onde Jesus Cristo falou com os homens daquela época. No Monte das Oliveiras, fez suas orações dirigidas à família... Ele esteve lá para agradecer uma mudança radical em sua vida, transformando-se no que é hoje: um corretor de imóveis de sucesso, desvencilhando-se daquela ingrata tarefa das casas lotéricas.

Seus pensamentos, durante a noite, carregaram sua mente e deu vazão às suas emoções que, creio eu, foram muitas. Mas o reencontro aconteceu com sucesso e tudo ficou alegre para todos.

Eu e minha esposa agregamos muito valor à amizade de todos. Ao Vanderlan, à esposa Márcia aos filhos Thaís e Thiago.

Também da Elvira, o Cícero e o Davi, como também do Ayala, a Mila e o garotinho Miguel. A imagem que fica das pessoas foi reforçada depois daquela bela viagem carregada de cultura, da cidade do Cairo até Israel, onde o guia Osama nos ofereceu, com detalhes, conhecimentos que não detínhamos.

Tudo isso valeu para fortalecer um elo de uma corrente que não quer se desmanchar, através desse meio magnífico de comunicação que é a Internet.

Tomara que assim continue. Mandamos daqui, da nossa cidade de Jundiaí, no estado de São Paulo, um forte abraço carregado de lembranças da viagem.

Que Deus e Jesus Cristo os tenham sob seu manto eternamente protetor.

CASA BLANCA MARROCOS

ACESSO AO MEU SITE PARA VER A FORMATAÇÃO :