sexta-feira, 29 de abril de 2016

SAPATO ALTO


SAPATO ALTO

A invenção do salto alto, ao que se conhece, é atribuída a Catarina Di Médice, filha de uma distinta família de Florença.
Ela foi a Paris para se casar com o futuro Henry II.

Por ser pequena, carregou na bagagem vários sapatos feitos por um artesão italiano, com saltos que a deixavam mais alta.

A novidade virou moda na aristocracia francesa, fazendo homens e mulheres subirem, literalmente, no salto, como marca e privilégio social.

Só os ricos e bem-nascidos podiam usá-los.

O USO E A EXUBERÂNCIA

Bodas de Reis...
 Catarina Di Médice e Henry Segundo.
Florença e Paris, expoentes daquele mundo,
Reduto de nobreza, encantos da realeza.
Usaram o salto das alturas,
Lançado por Luiz XV.
Chegou à modernidade.
Ferragamo ditando moda.
Pernas descobertas e alongadas.

Meias finas, com ou sem costuras.
Corpo ressaltado...

Forma elegante aos quadris e seios.
Produzindo anseios... Sensualidade...

Escarpin, paixão da beleza.
Objeto de amores das mulheres...

Nos homens, libido e fetiche...  

VIDAS PASSADAS E PRESENTES

O MANUSCRITO DO PRIMO NORBERTO Ele nos deixou, vitima que foi de um desastre automobilístico, causando grande consternação em toda...

POSTAGENS MAIS VISITADAS