sexta-feira, 17 de agosto de 2012

MÃE TERRA E O SOL DA MEIA NOITE


MÃE TERRA

O universo caminha em uma escuridão sem fim
Na trajetória das galáxias giram cometas e planetas.
Nasceu à via Láctea com um sistema solar espetacular
Deu origem à vida na terra, transformando-a em um planeta azul.
Vivemos aqui com os encantos e sobressaltos da natureza, que são frutos gerados por seu útero, transformando tudo em sementes, que dão frutos da vida, do amor e da contemplação, tudo com eterna beleza.
 O SOL DA MEIA NOITE
É fria a madrugada
Sorrateira e silenciosa
Quietude que se impõe na calada da noite
Vozes roucas lamentam infortúnios
É mórbido o momento
Súplicas e suspiros dobrados
Ecoam ao vento em forma de açoite
Explosão no céu
Um cometa mergulha na escuridão
A visão fica turva
É o caminho do medo
  
Coração disparado
Com um frenesi de emoções
É o sol da meia noite
A noite virou dia
Passo trôpego na calçada
Ritmo desenfreado
Marcha alucinante
Rufar de tambores
O mundo quase acabou
O ontem já se foi
O amanhã ainda não chegou
É o ultimo capitulo de uma era
Que foi escrito por mim

O ANDARILHO

Em um dia desses qualquer, o Prefeito de uma cidade grande parou o seu carro, por pouco tempo, em um cruzamento, aguardando o sinal de ...