domingo, 30 de março de 2014

VINHO, O NECTAR DOS DEUSES

Caule vigoroso
Terra e raiz generosa
Folhas verdes
Cor esplendorosa
Branco... Rosado... Tinto...
 
 
Aromas, sabores, amores.
Néctar dos Deuses
 Baco ou Dionísio
 
 
Paixão nas alturas
Inebriantes...
Silhueta ofegante, loucuras...
 
 
Paladar no céu da boca
Presença sublime
Perfume sensual com cheiro de parreirais
Fruta madura, com muita ternura.
 
 
Bebida sensual
Cheiros e provas
Compreendê-la é uma arte
Amante da fruta e do pecado
Incline a taça e acaricie seus lábios
 
0o0o0o0o0o0o0o0
 
  Uma música em louvor a mulher e o vinho:
 
 
A casa d’Irene si canta, si ride
C’è gente che viene, c’è gente che va
A casa d’Irene bottiglie di vino
A casa d’Irene sta sera si va
Giorni senza domani
E el Desiderio di te

ANOS DOURADOS DE UMA ÉPOCA VIVIDA

ANOS DOURADOS  DE UMA ÉPOCA VIVIDA Repassando algumas fotos e recortes de jornais, armazenados em uma caixa de papelão no meu...